A pandemia e o que vem pela frente

que vem pela frenteComo ensinamento, os momentos de crise nos apontam a permanente necessidade do que podemos chamar de humildade científica, ou seja, o reconhecimento de que, por mais eufóricos que estejamos com nossas conquistas, nada é estático, tudo está em movimento, o amanhã será diferente.

Acredito que, assim como um dos personagens do escritor Fernando Sabino, temos apenas três “certezas”: “a certeza de que estamos sempre começando, a certeza de que é preciso continuar e a certeza de que seremos interrompidos antes de terminar”.

Assim, para surfarmos no movimento incerto das ondas da vida e dos negócios, é imperativo reconhecermos que toda situação é superada por novas soluções e novos desafios.

A velocidade dessa superação está diretamente relacionada à nossa capacidade e sensibilidade de prever e agir em todos os momentos do ciclo. Dependemos da capacidade de linear o crescimento, independente do momento.

Felizmente, muitas empresas já conhecem essa “lição”. Serenamente, analisam o cenário e adequam às estratégias de acordo com a realidade da “nova onda”.

E, assim, emergem como uma geração de empresas, alicerçadas por gestões fortalecidas, testadas e chanceladas para um próximo ciclo, que esperamos seja de crescimento constante.

ENTRE EM CONTATO CONOSCO

Nossos consultores irão entrar em contato em breve.